domingo, 28 de outubro de 2012

1

Ensinando mais do que esportes! Ensinando a viver!

Os alunos do Programa Segundo Tempo do Núcleo Cruz 02, na programação do dia da Criança teve um dia diferente, estes fizeram uma visita a Biblioteca Pública de Cruz, e ao Museu Municipal, muito deles nunca tinham visitado aquele local. Curiosos, os alunos questionavam muito sobre as peças do museu. Se "era" de "verdade". Logo em Seguida os alunos, foram visitar o acervo de livros da Biblioteca Municipal. Mas o que tem haver um programa de esportes levar seus alunos ao museu?  
Leia a seguir o que diz o professor João Batista Freire, um homem que entende o esporte da maneira mais ampla possível na formação da vida das pessoas.

“As autoridades responsáveis pela formação de jovens para o esporte, ligadas a governos ou empresas, raramente compreendem que a melhor maneira de formar, inclusive, os atletas de mais alto nível, é ensinar a todos. O Brasil deveria ter um projeto governamental que objetivasse ensinar esporte a todos, sem exclusões, sem discriminações. É terrível para um jovem ver-se discriminado e excluído do esporte após ser comparado com outros de mais talento. Se ensinássemos a todos, além de reconhecer um justo direito que todos têm de aprender esporte, teríamos também, em meio a tantos, aqueles que poderiam ser campeões. Os campeões não poderiam ser o objetivo maior de um projeto esportivo, mas sim o detalhe de um grande projeto de educar um povo. É muito óbvio o interesse das crianças e jovens no esporte. Quando os chamamos para fazer esporte, quase todos querem, entregam-se voluntariamente. Esse é o aluno perfeito, aquele que quer aprender. Ora, se, ao ensinar esporte, ensinássemos também mais que o esporte, isto é, ensinássemos as coisas que serão boas para uma vida independente, teríamos um belo projeto educacional. A realidade é que a esmagadora maioria de quem passa pela formação esportiva nunca será atleta de alto nível. Será gente comum: estudantes, trabalhadores, políticos, artistas. Se forem bem tratados no esporte, serão amigos dele, farão de tudo para que o esporte exista, cresça, faça bem para todos. Essa gente comum que passa pela formação esportiva, compreenderá, com o tempo, que aquilo que aprendeu servirá para muitas coisas: para se divertir no tempo livre, para fazer amigos, para ter mais saúde, para ter uma melhor percepção própria, e assim por diante. São muitos os benefícios para quem aprende esporte tanto do ponto de vista dos benefícios pessoais quanto dos benefícios sociais, esportivos”.


 Assinatura do livro de presença.

A coordenadora da Biblioteca, professora "Rubinha" explicando a história do museu
  

Visita dos alunos ao museu municipal de Cruz

Cédulas de dinheiro, antigas...


Admiração dos alunos pelas peças!!!!!



Fascínio pelos livros.

Olha o que eles encontraram?????




Uma pausa para leitura


Curiosos e leitores


Ainda deu tempo de ler uma historia. Ou parte dela...




Comente abaixo, esta postagem!!!!

1 comente esta postagem:

Esporte e Cidadania disse...

olha sò essas fotos !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Postar um comentário

Agora é com você. Você concorda? Diga aí o que achou desta postagem?

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger