sábado, 16 de março de 2013

0

NOTAS DE REFLEXÃO - SER POETA...


Poetas não se fazem; nascem. Não se ensina a ser poeta. Técnicas de rima e métrica – sim – isso é possível; mas poesia brota do que nos é inato na alma. O que nela fervilha, toma forma moldada que é nos versos soltos...

A poesia aquieta minha ânsia da expressão que somente sei esculpir através das palavras; assim que da forma mesma, um músico sabe expressar-se através dos sons e melodias, mas não se ensina a ser músico – eles já nascem.

Escrever é o que me satisfaz, muito embora, esta satisfação não é inerente aos que leem... poetas não são para serem compreendidos, mas sentidos em sua essência que é a forma dada às palavras intercaladas e montadas pela inata inspiração...

Poesia é vácuo... é caos... é imperfeições... pois aquilo que é preenchido, organizado e perfeito – é acabado, e a inspiração não tem horizonte e, tampouco, fim...

Ser poeta é desconhecer a si mesmo... a poesia não avisa, ela brota qual lágrimas de sensações inesperadas...

Ser poeta e viver o paradoxo dos sentimentos...

Um poeta é um ser abstrato que habita um físico corpo hospedeiro, que quando este morre, vaga pelo limbo até que um outro o desperte...

Ser poeta... é o que sou... arauto das emoções, amante do que não pode ser amado.



DEIXE SEU COMENTÁRIO!!!!!!!!!

0 comente esta postagem:

Postar um comentário

Agora é com você. Você concorda? Diga aí o que achou desta postagem?

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger