quarta-feira, 4 de maio de 2011

0

II Forum virtual Caravana do Esporte


Aconteceu na tarde do dia 29 de Abril de 2011, o 2º Forum virtual da Caravana do Esporte, uma grande ideia do professor de Educação Física e do Instituto Esporte e Educação, João Batista Freire, com a ideia de discutir, conhecer propostas, debater com as pessoas encajadas no Esporte e na Arte, principalmente, nas cidades onde ja aconteceu a Caravana. O tema do Forum foi COMO O ESPORTE E A ARTE PODEM FORMAR CIDADÃOS. O evento passou mais é preciso não deixar a ideia não morrer. A cidade de Cruz/Ce esteve conectada pela 1ª vez, participaram do Forum Edson Muniz e Evaldo Vasconcelos ouvindo e discutindo as ideias. Eis aqui um resumo de alguns questionamento do Forum:


"Para nós, o esporte e a arte são importantes meios para formar cidadãos conscientes e protagonistas, capazes de transformar o meio em que vivem. Em nosso bairro não temos área de lazer, e o Projeto é um ponto de encontro e um ponto de oportunidades para formar sujeitos, provamos que é possível criar relacionamentos com o diferente para o bem comum. De que forma?
No esporte: como simples apaixonados, que praticam o futsal por diversão e alegria, mas que também valorizam o indivíduo além das habilidades, como por exemplos gestos de reconhecimento da beleza da jogada do companheiro, atitudes de companheirismo, consciência de equipe etc., aquela atitude de um esporte positivo, onde a experiência motora se revela em uma ocasião real de crescimento pessoal e em encontro com o outro, promovendo valores éticos /morais.
Na arte: através de nossas expressões artísticas, também procuramos promover os valores éticos/morais, respeitando a realidade do ambiente em que atuamos, criando relacionamentos e conscientizando que o dom artístico desenvolvido deve ser em função do outro como dom de si mesmo a sociedade, levando a arte àqueles que ainda não tem acesso a ela, de forma alegre e promovendo uma Cultura da Paz e Fraternidade.
Todo esse esforço é porque sentimos que vivemos em uma sociedade individualizada onde o “Ter” prevalece ao “Ser” (cidadão), e também que é muito difícil hoje, criar relacionamentos com o diferente."
Projeto Jardim Margarida - Vargem Grande Paulista - SP
 
"Em Taquarana nosso núcleo movimento tem dois pólos um da sec. de educação e outro da sec. de Assistência Social onde nos reunimos todos os profissionais para planejarmos juntos nossas ações, dentro dos conteúdos contemplados, sempre visando a inclusão e levando arte e esporte as comunidades , nós somos dois professores de Capoeira, três professores de Esporte e Cidadania um professor de Música e agora estamos trazendo através do Programa Amigos da Escola uma voluntária da comunidade quilombola para ensinar danças aos alunos de uma das escola do nosso município, como também criamos um grupo de voluntários estudantes universitários e ensino médio para por em prática o Projeto Recreio Mediado."
Everaldo - Taquarana/AL.
"Na cidade de Arcoverde os núcleos foram ressignificados juntamente com suas práticas: para as crianças elaboramos atividades esportiva e artística, baseando-se nos príncipios das Caravanas. Jogos, brincadeiras, festivais, troca de saber entre grupos de crianças são atividades promovidas para o desenvolvimento das crianças, entendendo-a como ela é. As atividades utilizam recursos diversos, e são vivenciadas situando a criança em sua comunidade, e posteriormente elas são conduzidas ao conhecimento de outras culturas. Em nossos núcleos, as crianças ganham destaque como ser que está construindo sua identidade, assim estimulamos sua capacidade de desenvolver sua reflexão, seu senso crítico. Para o adolescente construímos as atividades e ações, de modo que ele seja parte deste processo construtivo. O protagonismo do adolescente é característica fundamental nas atividades. Eles participam do planejamento das atividades e vivenciam suas práticas. Arte e esporte se entrelaçam no planejamento, fazendo parte do processo educativo, contribuindo para o desenvolvimento da cidadania. Esta não é morta, mas viva: os adolescentes são agentes e interagem com e em comunidade, com o outro e com as instituições que integram sua localidade."
Edivane e Diêgo - Arcoverde/PE

"Não basta, na arte, ensinar percussão. Não basta, no esporte, ensinar a correr. É preciso aprender além do instrumento, além da corrida. É preciso aprender participando, sendo protagonista, isto é, autor de sua própria aprendizagem. O aluno tem que participar, tem que falar, tem que ter problemas para resolver, tem que criar, dar sugestões, ajudar a fazer planos. Senão ele saberá coisas mas não terá consciência, não será um verdadeiro cidadão.Crianças e jovens "cidadãos" costumam ser mais críticos e conscientes. Eles dão mais "trabalho" (no bom sentido). Estamos preparados e disponíveis para isso? Me parece que a formação de professores no núcleo movimento é fundamental. Precisamos romper com a idéia de que cidadão é aquele que faz tudo "direitinho", conforme manda o figurino. O que acham?"
Professor João Batista Freire- IEE

0 comente esta postagem:

Postar um comentário

Agora é com você. Você concorda? Diga aí o que achou desta postagem?

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger